Busca Inteligente
Clique para ativar o zoom
abrindo...
Nós não encontramos resultados desta vez...
aumentar mapa
Ver Tipo de Mapa Ruas e Facilidades Satélite Satélite e Facilidades Terrenos Minha Localização Tela Cheia Anterior Próximo
Veja o que encontramos para você

Teto de subsídio do programa casa verde amarela aumenta

Enviado por Fernanda Martinez em março 11, 2022
0

Saiba se você pode ser um beneficiado

No dia 23 de fevereiro deste ano, o presidente Bolsonaro assinou um decreto no qual aumenta os limites do subsídio do programa Casa Verde e Amarela. A medida se deve à elevação de custos no setor da construção civil. As construtoras estavam reduzindo suas margens de lucro para poder atender ao programa. O apoio para quem quer construir ou adquirir um imóvel em áreas urbanas passa a ser de até R$130 mil. Já para construção e aquisição de imóveis em áreas rurais, o subsídio passou de R$45 mil para R$55 mil.

Mas como isso funciona? Eu posso ser um beneficiado?

O programa Casa Verde e Amarela,  lançado em agosto de 2021, nasceu com o intuito de substituir o antigo Minha casa Minha vida, facilitando o financiamento imobiliário para as pessoas de baixa renda que desejam comprar sua casa própria. De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Regional, a meta do programa é atender 1,6 milhão de famílias de baixa renda com o financiamento habitacional até 2024, sendo possível através da redução da taxa de juros do FGTS.

O programa tem como público famílias de baixa renda das áreas urbanas e rurais com renda familiar de até 7.000 reais. Atua também na Regularização Fundiária, Melhoria e Produção Habitacional financiada. Além da porcentagem de redução de taxa de juros, a pessoa, dependendo do grupo em que ela se encontra,  também irá contar com um subsídio. O benefício funciona como um desconto no valor total do apartamento, utilizado apenas na compra de um imóvel. Moradores das regiões Norte e Nordeste do país contam com taxas de juros ainda mais baixas.

Dentro desse público foram divididos 3 grupos:

Grupo 1

Pessoas com renda familiar de até R$2 mil.

Grupo 2

Famílias com renda familiar bruta de R$2.000,01 até R$4 mil.

Grupo 3

Brasileiros com renda bruta de R$4.000,01 até R$7 mil.

Para ter ao acesso ao subsídio, é preciso atender aos seguintes requisitos:

  • Não ter imóveis registrados em seu nome
  • Não fazer parte de outros programas habitacionais do governo
  • Não ter dívidas ativas com a União
  • Ter renda de até R$ 7 mil

Deixe uma Avaliação

Fique tranquilo. Seu endereço de email não será publicado.

Comparar Imóveis